17 de dezembro de 2010

Eu entendi bem?

Foi aprovado quarta-feira (15) pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal, um projeto de lei que garante o direito de pensão alimentícia e partilha de bens aos amantes.
É isto mesmo que você leu, aos AMANTES.


A proposta, válida para ambos os sexos fala que a união formada em desacordo aos impedimentos legais não exclui os deveres de assistência e a partilha dos bens.
Ainda de acordo com a propositura, não será qualquer caso extraconjugal.
É preciso provar a estabilidade da união!?!
O autor da proposta, deputado Sérgio Barradas Carneiro (PT-BA), diz que o texto moderniza o Código Civil, de 2002, mas feito com base em um projeto dos anos 70, ou seja, baseado em uma sociedade com valores diferentes.
Parece piada, mas não é.
Eu acho que existem leis mais importantes para serem criadas e debatidas. E o pior, além de enterrar a já falida família brasileira, o projeto, de certa forma estimula e valida a bigamia.
E agora fica a dúvida. Como provar que seu caso extraconjugal é estável?
E como também definir para qual amante deverá ser paga a pensão?
Bom, para a Rosana é só um motelzinho, já a Mônica merece uma cesta básica..com a Micaela uma cerveja no drive já está de bom tamanho..enfim..
bem vindos a legalização da bigamia no Brasil..isso claro, se esta patifaria for adiante.

Nenhum comentário: