3 de dezembro de 2007

Dia estranho

Hoje acordei disposto a falar sobre futebol. Afinal, a última rodada do brasileirão teve atrativos suficientes para inúmeros comentários. Porém, vários acontecimentos curiosos fizeram com que eu mudasse o rumo da prosa de hoje. Muito estranho esse domingo.
Logo pela manhã, ao tentar ligar a televisão, eis que tento pegar o controle remoto, e subitamente, da minha mão ele CAIU. Tudo bem, deve ser o sono. Me preparo para tomar banho, ouço um barulho, e quando olho para o lado, vejo que o shampoo CAIU.
Ao final do banho, quando vou acender a luz do quarto, misteriosamente, percebo que está sem lâmpada. Subitamente, ela CAIU. Comecei a me preocupar. O domingo começara de forma estranha. Almocei, entrei na internet, batia papo com um amigo, ele se dizia muito triste, pois sua namorada estava passeando pela cidade de moto, e em um acidente sério, CAIU. Procurei saber mais detalhes sobre o caso, mas para minha surpresa, a internet da minha casa misteriosamente também CAIU.
Sem saber o que fazer, resolvo dar uma volta, e logo na saída do bairro, uma movimentação de pessoas tentava apagar um pequeno incêndio na mata. Pergunto a conhecidos, e um deles me contou. “Esse fogo está aí porque um irresponsável soltou um balão, que CAIU justo aqui na nossa rua”. Me disperso da multidão, mas o clima permanecia estranho. Comecei a suar, passar mal, e sem outra alternativa procurei um médico particular. Passei antes por um caixa eletrônico para pegar dinheiro, e qual minha surpresa ao chegar lá? Meu pagamento não CAIU. Que raiva. A fraqueza virou dor de cabeça, que virou azia, e não tive escolha. Ir à um hospital 24 horas. Muita gente na frente, uma espera enorme, e quando chega minha vez, o médico com cara de poucos amigos me analisa, e chega a seguinte conclusão: Minha pressão CAIU. Me receitou alguns medicamentos e ordenou que eu fosse pra casa repousar. Conselho seguido, dormi a noite toda e acordei com muita disposição. Tenho a semana toda para escrever e falar sobre futebol, afinal, hoje é SEGUNDA

Um comentário:

Ana disse...

Conspiração? Procure se lembrar do que fez nas últimas semanas, chutou alguma oferenda? Oh...