25 de novembro de 2010

É BRINCANAGEM

Costumo dizer que o único amor eterno que temos nessa vida, -tirando os tradicionais amores por pai, mãe e filho- é o pelo nosso time do coração. Mesmo ele nos traindo diversas vezes, não o trocamos por outro.
Mas ultimamente os palmeirenses vem sendo enganados demais. Ontem, como costumava dizer um antigo treinador que tive, foi BRINCANAGEM, mistura de brincadeira com sacanagem.
Pacaembu lotado, Felipão no banco e vantagem de ter ganho o jogo de ida pela Sulamericana. Prato feito para todos os palmeirenses já pensarem na final do campeonato e fazer planos para a Libertadores do ano que vem. E até o final do primeiro tempo foi assim. Domínio total em campo, gols perdidos e vantagem de 1 a 0. Mas o gol do Goías no finalzinho matou o time paulista.
No segundo tempo foi um vexame. O time esmeraldino mandou na partida, jogando como se tivesse na liderança do Brasileirão e fez a torcida palestrina somar mais uma tragédia para a coleção recente.
Senti saudade do Evair, do Edmundo..Djamlinha, Rivaldo (o verdadeiro, pois esse que está no Palmeiras atualmente é um arremedo de jogador). E o pior é que agora tem jogo domingo. E depois de mais esta decepção para a enorme torcida, só falta os comandados de Felipão empatarem ou ganharem do Fluminense, ajudando o Corinthians. Só faltava essa..e na atual conjuntura, não duvido de mais nada, pois nunca vi um time gostar tanto de dar desgosto aos seus próprios torcedores..

2 comentários:

Jornalisticamente falando... disse...

O Felipão cantou vitoria antes da hora, boa parte do elenco tambem..tá ai o preço a pagar. Foram com empáfia e se deram mal.

Nícolas Macrina disse...

sim.você tem razão..e o atual time do Palmeiras é fraco..porém ainda mais forte do que o Botafogo, do caríssimo colunista acima